Geek City 2018: vendas começam na quinta-feira (22)

Um sanduíche: O objeto mais perigoso levado ao espaço
05/04/2018 Barbara

Um sanduíche: O objeto mais perigoso levado ao espaço

Era 23 de março de 1965 quando o astronauta John Young enfiou a mão no bolso e sacou um sanduíche de carne. “De onde veio isso?”, perguntou Gus Grissom, parceiro de Young na missão. “Eu trouxe comigo. Vamos ver qual é o gosto.” Foi assim que o primeiro – e provavelmente último – sanduíche foi contrabandeado para o espaço. Young e Grissom faziam parte da missão Gemini 3, primeiro voo tripulado do Projeto Gemini da Nasa, que sucedeu ao Mercury e precedeu ao Apollo.


Young e Grissom embarcaram na missão em 23 de março de 1965 Wikimedia Commons

O sanduíche havia sido comprado dois dias antes, na lanchonete Wolfie’s Restaurant & Sandwich Shop, em Cocoa Beach, Flórida, pelo astronauta Wally Schirra, que o entregou a Young como uma brincadeira, pouco antes do lançamento da missão.


Sanduíche foi comprado na lanchonete Wolfie’s Restaurant & Sandwich Shop, em Cocoa Beach, Flórida

Coincidementemente, um dos objetivos da Gemini 3 era testar novos alimentos para o espaço e ajudar a definir o cardápio ideal para missões mais longas. Para isso, devem ser preparados e embalados especialmente para o consumo fora da Terra. Precisam ser fáceis de preparar e durar bastante sem refrigeração.

Young e Grissom tinham à disposição frango, pão, brownie e suco de laranja, enlatados ou cortados em cubos e revestidos com uma camada de gelatina para evitar a formação de migalhas. Quando os astronautas morderam o sanduíche contrabandeado, ele imediatamente começou a se desmanchar, formando migalhas que flutuavam por toda a cabine. Eles também perceberam que o lanche não tinha um gosto bom – além de ter sido preparado dois dias antes, a comida comum não tem o mesmo sabor no espaço.


Astronautas estavam testando alimentos espaciais Nasa

Toda a experiência com o sanduíche durou menos de 30 segundos. Depois de quase 5 horas orbitando a Terra, a missão cumpriu seus objetivos. Mas, ao retornar, os astronautas foram repreendidos pela Nasa e pela Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, que não gostaram nada da brincadeira.

As migalhas eram a grande preocupação da Nasa. Em um ambiente sem gravidade, elas podiam entrar facilmente nos olhos dos tripulantes ou nos painéis elétricos da nave – nesse caso, podiam danificar os equipamentos e até provocar um grave incêndio, pois o pão é inflamável. Uma missão espacial de um bilhão de dólares no centro das atenções de todo o mundo não era lugar para gracinhas.


Young e Grissom foram repreendidos pela Nasa

“Alguns congressistas ficaram bravos, achando que, contrabandeando e comendo parte do sanduíche, eu e Gus ignoramos as comidas espaciais que deveríamos testar”, escreveu Young, em suas memórias Forever Young, em 2012.

Depois do incidente, a Nasa assegurou à Camara que implementaria medidas severas para que nenhum alimento fosse contrabandeado para o espaço novamente.


Contemple o objeto mais perigoso da Corrida Espacial Raymond K. Cunningham Jr.

O sanduíche está exposto no Virgil I Gus Grissom Memorial, em Mitchell, Indiana, preservado em resina. A lanchonete onde ele foi comprado foi fechada em 2008.

Fonte: https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/almanaque/sanduiche-espaco.phtml

GEEK NEWS

SAIBA TUDO QUE ESTÁ ROLANDO!

Newsletter

Posts relacionados