Vingadores: Guerra Infinita bate recorde de bilheteria no 1º final de semana

Os 10 melhores momentos dos Jovens Vingadores nos quadrinhos
01/05/2018 Barbara

Os 10 melhores momentos dos Jovens Vingadores nos quadrinhos

Cosplayers, imitadores, jovens suicidas que não sabem o que estão fazendo. Chame eles do que quiser, o fato é que os Jovens Vingadores são um dos grupos com maior apelo e base de fãs na internet, com ótimas vendas e diversos seguidores.

Confira aqui os melhores momentos da equipe (e chore ao relembrar os mais tristes e sofríveis)!

Confira tudo o que você precisa saber sobre os Jovens Vingadores aqui!

Gaviã Arqueira e Estatura entram para a equipe

No começo da história, a equipe tinha quatro heróis: Wiccano, Hulkling, Rapaz de Ferro e Patriota. Porém, logo na primeira edição eles acabam salvando o casamento da irmã de Kate Bishop, que os ajuda a enfrentar os assaltantes.

Na edição seguinte, Kate e Cassie se encontram na mansão dos Vingadores e se juntam aos quatro rapazes.

Despedida do Rapaz de Ferro

Com sua estadia no passado e diversas de suas decisões afetando a linha temporal. O Rapaz de Ferro luta contra sua versão futura – um dos maiores inimigos dos Vingadores: Kang – e vence. Com Kang morto o universo é alterado e eles descobrem que todos os Vingadores morreram.

Com Wiccano e Hulkling sendo apagados da linha temporada, Nate Richards decide voltar para seu próprio tempo e desfazer todas as suas ações. Enquanto atravessa o portal temporal ele diz que amou ser um jovem vingador.

Patriota usa drogas

Após o Capitão América e o Homem de Ferro decidirem contatar os pais de todos os Jovens Vingadores e falarem a eles sobre o que seus filhos andam fazendo, a equipe passa por diversos problemas, entre eles, Eli – o Patriota – é descoberto usando o MGH, o Hormônio de Crescimento Mutante que dá habilidades para quem o utiliza.

Eli diz que mentiu sobre ter os poderes de seu avô (o “Capitão América Negro”) e que ele precisava ser um herói, não importando qual o custo.

Morte da mãe de Hulkling

Novamente entrando no tema familiar, um Super-Skrull vai atrás de Teddy, o Hulkling, para levar ele para o espaço. Já que ele é um príncipe Kree e Skrull e está destinado a acabar com a guerra entre as duas raças.

Porém as coisas não são tão fáceis e a mãe de Teddy é revelada ser, na verdade, sua mãe adotiva e morre atacada pelo Super-Skrull em frente ao seu filho, mesmo com os Jovens Vingadores tentando salva-la, não há nada que eles possam fazer.

Jovens Vingadores: Presents

Após o final do primeiro volume dos Jovens Vingadores, fomos presenteados com uma revista que mostrava o que os Jovens Vingadores estavam fazendo naquele momento. E é fantástica.

Teddy conversa com seu pai (que na verdade não é ele, mas quase é), Wiccano e Célere vão em busca de sua mãe – a Feiticeira Escarlate, Cassie tem que lidar com o fato de ter matado uma pessoa e Kate enfrenta Clint pelo título de Gavião Arqueiro.

Simples, intimista e fantástico. Presents acerta ao focar cada uma de suas edições em um Jovem Vingador diferente e fazer com que seja possível compreender ainda melhor seus sentimentos e motivações.

Guerra Civil & Fugitivos

Durante a Guerra Civil até mesmo os jovens heróis de separaram. Gaviã Arqueira, Wiccano e Hulkling estão do lado do Capitão América, enquanto Estatura e Visão se juntam ao Homem de Ferro.

Não apenas isso, mas eles também ganham uma revista na qual se juntam aos Fugitivos, parceria que continuou em diversos outros eventos seguintes!

Morte de Estatura

Durante o primeiro e o segundo volume dos Jovens Vingadores, a equipe teve diversas aventuras, porém nenhuma tão dolorosa como em “Vingadores: A Cruzada da Inocência”.

Na trama, os Jovens Vingadores, Magneto e Mercúrio descobrem que a Feiticeira Escarlate está junto do Dr. Destino e não tem nenhuma memória de sua vida anterior, temos a volta do Rapaz de Ferro e Wiccano e Célere encontrando sua família.

Porém, na batalha final, Cassie Lang, a Estatura, é morta pelo Dr. Destino. A personagem era uma favorita de muitos e sua morte não foi esquecida, sendo um dos maiores marcos na história dos Jovens Vingadores, tendo feito com que o Patriota desistisse da equipe e levando Billy, o Wiccano, a uma severa depressão.

Além disso, é a morte da jovem que faz com que Nathaniel Richards comece a voltar no tempo e alterar propositalmente a linha temporal, tornando-se assim, Kang, o Conquistador.

Miss America Chavez

Com Kieron Gillen e Jamie McKelvie no comando do segundo volume de Jovens Vingadores, muitos se perguntaram se a história iria manter a consistência, originalidade e emoção anterior trazidos por Allan Heinberg e Jim Cheung.

O segundo volume ainda divide opiniões, porém a introdução da fantástica Miss America Chavez, é algo do qual é – praticamente – impossível de se reclamar.

America Chavez seria sua típica personagem feminina fodona que sai por ai dando socos. Porém ela é muito mais do que isso. Aos poucos vamos vendo sua história se desdobrar, descobrimos sobre seu passado e como ela acabou entrando no meio de toda a bagunça dos Jovens Vingadores.

Latina, lésbica, vinda de outra dimensão e com um ódio em especial pelas leis da física, Miss America Chavez tem apenas um plano: Socar todo mundo.

Término de Hulkling e Wiccano

Billy e Teddy sempre foram o “casal” oficial dos Jovens Vingadores. A equipe sempre teve uma rotação entre seus casais, com a Estatura sendo apaixonada pelo Rapaz de Ferro e mais tarde tendo um relacionamento com o Visão; Kate Bishop namorando o Patriota e mais tarde Célere e no segundo volume tendo um romance com Noh-Varr, sendo que o Kree ainda se sentia atraído por uma ex-namorada que andava por ai vestida de Dominatrix.

Ou seja, os romances eram confusos e Wiccano e Hulkling eram uma constante nessa bagunça toda. Até Kieron Gillen decidir fazer com que os heróis terminassem, mesmo o término tendo sido uma manipulação de Loki (ele fez com que Hulkling passasse a acreditar que Wiccano estava o manipulando para que ambos tivessem um romance), ele serviu para que Billy pudesse se encontrar e Teddy se tornasse mais independente.

O interessante é que na cena do término, não há dialogo, apenas a visão de Teddy, dizendo o que ocorreu então ele diz que, “Com uma sabedoria, medo e força que não esperava…”. O único quadro a ter uma frase é de Billy/Wiccano: “Ou talvez eu mude sua mente?”. “Ele entende.” Continua Teddy, contando o término para o leitor, “O que torna tudo ainda pior.”

De quebrar o coração…

“Você não é tão hétero assim”

Após derrotarem a vilã principal do segundo volume, os Jovens Vingadores decidem chamar todos os heróis adolescentes que os ajudaram na batalha final contra o parasita intergaláctico chamado “Mãe” para uma grande festa.

Pelas duas da manhã eles decidem ir embora e em uma conversa casual, Prodígio revela que Loki tentou o beijar, e que para recuperar Tommy ele beijou um ser cósmico monstruoso que se tornou Tommy. Noh-Varr revela que também já foi “explorado” pelos Kree.

Assim, Kate Bishop, a Gavião Arqueira, simplesmente para e pergunta: “Eu sou a única pessoa nessa equipe que é hétero?” Ao que Miss America Chavez responde:

“Princesa, eu já vi o jeito que você me olha. Você não é tão hétero assim.”

E depois eles decidem ir comer café da manhã.

 

Fonte: Legião dos Heróis

SAIBA TUDO QUE ESTÁ ROLANDO!

Newsletter

Posts relacionados