fbpx

HQ com o casamento do Homem-Morcego divide opiniões dos fãs

Nesta semana, o mundo dos quadrinhos dos EUA foi abalado pelo lançamento de Batman #50, escrita pelo aclamado roteirista Tom King. A HQ narra o casamento do Morcego e da Mulher-Gato. Horas depois da publicação, os fãs já estavam discutindo calorosamente na internet sobre a revista, que definitivamente dividiu opiniões.

[Atenção! Spoilers de Batman #50 abaixo!]

A HQ finalmente mostraria o momento em que Bruce Wayne e Selina Kyle se casariam. Isso, no fim das contas, não acontece. Em dado momento da revista, a Mulher-Gato se questiona sobre sua natureza heroica. Páginas e páginas depois, após muitas cartas que foram trocadas pelos noivos ao longo dos anos, Selina conclui que não pode se casar com ele — caso o fizesse, os dois seriam felizes, e o Batman deixaria de existir, já que o Morcego nada mais é do que a dor que Bruce sente por ter perdido os pais transformada em esperança.

“Para salvar o mundo, os heróis fazem sacrifícios”, ela diz, “Meu sacrifício é minha vida, é você”, conclui. Na manhã seguinte, os dois estão em lugares distintos de Gotham. Ela, no topo de um prédio, joga o véu fora. Ele, no alto da torre Finger, decide ir embora, silenciosamente.

Tudo que acontece está de acordo com o que King vem inserindo nos roteiros do Morcego há algumas edições, com Bruce se questionando se ele poderá, finalmente, ser feliz um dia, sem precisar carregar todo o peso de seus traumas passados nas costas.

Na internet, as reações foram mistas: alguns odiaram, enquanto outros acharam o desfecho escrito por King completamente genial:


“Li Batman #50, o Casamento do Batman. Que p*rra foi aquela? Pareceu forçado e, apesar de estar de acordo com o que foi feito antes, foi muito… previsível. Alguns momentos foram bom, principalmente entre Bruce e Alfred, não posso dizer que não me diverti, apesar de todo o roteiro”


“Tom King, Batman #50 é a melhor edição de uma fase incrível, e uma das melhores HQs que já li. Além disso, o Batman ser descrito como uma máquina que transforma dor em esperança é a melhor descrição do Cavaleiro das Trevas que eu já vi”


“Tom King, a ‘poesia’ em Batman #50 parece forçada para caralho e arruína completamente o ritmo da história. Eu não entendi porque você não juntou os dois no final. De todo jeito, é uma desculpa preguiçosa para o preço alto”


“Duas gerações de fãs do Batman lendo a edição #50. Muito emocionante e bem escrita! Tom King, conte sua história, estamos animados para continuar lendo algumas das melhores HQs do Batman”


“Podemos falar sobre como Batman #50 foi uma decepção completa? Nunca imaginei que seria enganado pela DC Comics”


“Não me importo em como as pessoas vão reagir ao casamento do Batman e da Mulher-Gato. Pessoalmente, eu amei. Tudo que posso dizer é que EU CHOREI PRA CARALHO. Alfred…”

A edição #50 não tem previsão de lançamento no Brasil. A editora Panini publica as HQs da DC por aqui.

Fonte: Jovem Nerd

Conteúdos Relacionados

 

Ingressos

O benefício da meia-entrada é válido para Estudantes / Doadores de Sangue / Idosos / PCD / Professores / Portadores do Voucher Geek City e descontos de parceiros.