fbpx

Forno inteligente liga sozinho, aquece a 200ºC e assusta usuários

Fornos acenderam automaticamente durante a noite; fabricante promete atualização.

O forno elétrico smart June Oven vem sendo alvo de críticas nos Estados Unidos após o registro de pelo menos três reclamações sobre unidades que ligaram e aqueceram sozinhas. Em uma das queixas, um usuário descreve que o produto acendeu por conta própria por volta das 2h30 da madrugada no modo “assar” e chegou à temperatura de 204ºC. A ação foi gravada por uma câmera do circuito interno da casa. A preocupação dos usuários é que o aparelho, passando por um mal funcionamento, possa causar acidentes, com risco de incêndio grave.

Procurada pelo The Verge, a fabricante diz que a causa seria uma suposta ativação acidental por parte do proprietário. O CEO da empresa chegou a comparar o caso a um celular que telefona para alguém sem querer quando está no bolso, e prometeu uma atualização para prevenir problemas similares. No entanto, usuários especulam que o motivo pode estar ligado a uma falha nas funções inteligentes do dispositivo, levantando questionamentos sobre o risco de incêndio provocado por esse tipo de eletrodoméstico.

Consumidores se queixam de forno inteligente que liga sozinho durante a noite — Foto: Divulgação/June

O que dizem os consumidores

Todas as queixas envolvem ativação automática do aparelho durante a noite, quando mais ninguém está por perto. Os usuários que registraram as reclamações, porém, garantem que não ativaram os aparelhos pelo aplicativo durante a noite e só ficaram sabendo do episódio ao visualizar a notificação no celular pela manhã.

Em um dos relatos, um consumidor conta que deixou batatas dentro do forno e desligou o aparelho antes de dormir. Ao acordar, percebeu que o dispositivo havia assado o alimento até o ponto de esturricar: ele havia sido ligado por mais de 4 horas e alcançado temperatura de quase de 220ºC.

A suspeita dos usuários é que a falha esteja relacionada ao funcionamento do aparelho baseado em inteligência artificial: mesmo sem um comando explícito, o forno poderia ligar por conta própria e começar a aquecer, oferecendo risco de acidentes.

A June reconhece ao menos um caso dessa natureza, mas coloca a culpa em uma caixa inteligente Echo, que teria capturado um comando errado e ordenado a ativação remota do forno. O produto da Amazon, vale lembrar, já esteve envolvido com polêmicas de privacidade no passado.

Como funciona o forno smart

O June Oven ficou famoso por oferecer funcionamento automático dependendo da comida. Ele é suficientemente esperto para saber como programar temperatura, potência e o tipo de preparo automaticamente, combinando funções de air-fryer, desidratador, fogão lento, grelha, torradeira, aquecedor e forno de convecção. No Twitter, donos do dispositivo elogiam, por exemplo, a maneira com que o eletrônico consegue identificar uma pizza e aquecê-la no modo grelhador, sem de configurações complexas.

Pelo aplicativo, disponível para Android ou iOS, o usuário consegue ativar o pré-aquecimento antes e chegar em casa para agilizar o jantar – segundo a fabricante, a função é o motivo dos incidentes e poderá ser desabilitada na nova versão do app, que será liberada dentro de um mês.

As reclamações são de pessoas que compraram a segunda geração do June Oven, lançada nos EUA em 2018 com preço de US$ 599, bem menor que os US$ 1.495 cobrados três anos antes pelo modelo original.

Fonte: Tech Tudo

Conteúdos Relacionados

 

Ingressos

O benefício da meia-entrada é válido para Estudantes / Doadores de Sangue / Idosos / PCD / Professores / Portadores do Voucher Geek City e descontos de parceiros.