fbpx

Epic Games é acusada de desenvolver Fortnite para ser viciante

O escritório de advocacia canadense Calex Légal conseguiu autorização para acusar a Epic Games de ter criado o Fortnite para ser viciante. Segundo os advogados, outros pais também culpam a desenvolvedora e o comparam até ao uso de drogas.

A Calex Légal começou a jornada contra a empresa após receber dois casos, que alegam que o jogo libera dopamina no cérebro e causa dependência das crianças no jogo.

Segundo o site CBC,a estratégia do processo foi a mesma realizada em um julgamento de 2015, do Supremo Tribunal de Québec, que determinou sobre a falha de as empresas de cigarro não avisarem seus consumidores sobre o perigo do vício no tabaco.

De acordo com o mesmo site, a advogada responsável pelo caso, Alessandra Esposito Chartrand, explicou que a desenvolvedora contratou psicólogos para estudos de anos, justamente para tornar o jogo o mais viciante possível. Ela ainda complementou na entrevista que é responsabilidade da empresa avisar sobre o risco do vício aos pais das crianças.

Enquanto isso, o Fortnite Battle Royale, conta com aproximadamente 125 milhões de jogadores no mundo todo.

Fonte: Voxel

Conteúdos Relacionados

 

Ingressos

Passaporte
 

R$150

Comprar

Sex 30/08
14h - 22h

R$60

Comprar

Sab 31/08
13h - 21h

R$60

Comprar

Dom 01/09
13h - 21h

R$60

Comprar

Compre o passaporte para os 03 dias de evento e receba uma credencial exclusiva e colecionável do Geek City 2019.

O benefício da meia-entrada é válido para Estudantes / Doadores de Sangue / Idosos / PCD / Professores / Portadores do Voucher Geek City e descontos de parceiros.
Bilheteria Oficial sem cobrança de taxas no piso L2 do Shopping Estação.