fbpx

Confira algumas imagens incríveis capturadas recentemente no Sistema Solar

Confira algumas imagens incríveis capturadas recentemente no Sistema Solar
27/07/2018 Redação GC

Confira algumas imagens incríveis capturadas recentemente no Sistema Solar

Todo fã de astronomia sabe o quanto a Ciência avançou nas últimas décadas — e o quanto os equipamentos empregados para explorar o cosmos progrediram tecnologicamente desde o surgimento dos primeiros telescópios, há uma porção de séculos.

Para você ter uma noção, nos últimos dias foi divulgada uma imagem capturada de Netuno — que se encontra entre 4,3 e 4,7 bilhões de quilômetros de distância da Terra, dependendo da posição em que ele esteja com relação à sua órbita — aqui do nosso planeta por um novo equipamento do VLT (Very Large Telescope, um conjunto de telescópios que ficam no Deserto do Atacama), e é impressionante ver a foto ao lado de uma semelhante registrada pelo telescópio espacial Hubble. Veja a seguir:

Incrível, não é mesmo? Mas essa aí de cima não é a única imagem assombrosa que foi registrada de astros que “habitam” o Sistema Solar recentemente, não! Outras tantas foram compartilhadas por agências espaciais, instituições científicas e outros grupos “terrestres” — e você pode conferir uma seleção desses registros na sequência:

1 – Sem “make”

Você deve se recordar de ter visto essa imagem de Plutão anteriormente, não é mesmo? Capturado em 2015 pela sonda espacial New Horizons, o registro foi recentemente reprocessado para mostrar quais seriam as cores que os nossos olhos veriam se tivéssemos a oportunidade de viajar até o planeta-anão. Aliás, o mesmo processo foi realizado com Charon (ou Caronte, se você preferir), o maior satélite de Plutão.

2 – Gigante deslumbrante

Só de bater o olho na linda imagem acima já dá para deduzir que se trata do que provavelmente seja o planeta mais fotogênico do Sistema Solar. Sim, estamos falando de Júpiter, e a foto, capturada pela sonda espacial Juno no dia 15 de julho, durante um sobrevoo sobre o gigante gasoso, mostra algumas nuvens a uma distância de 6,2 mil quilômetros.

3 – Titã em infravermelho

Todos os seis registros reunidos acima mostram Titã, uma das luas de Saturno, e foram capturados no espectro do infravermelho. Na realidade, as imagens foram capturadas pela sonda espacial Cassini ao longo de 13 anos, mas a NASA ainda está processando a imensidão de dados coletados pelo equipamento — e essas fotos consistem na visão global mais nítida já processada do satélite.

4 – Atividade infernal

Parece uma explosão sinistra — ou a abertura para uma dimensão infernal —, mas a imagem acima mostra Io, uma das luas de Júpiter. O registro foi divulgado pela NASA há cerca de duas semanas, e foi capturado durante um estudo em que os astrônomos identificaram um (possível) novo vulcão na superfície do satélite. Veja:

Fonte: MegaCurioso

SAIBA TUDO QUE ESTÁ ROLANDO!

Newsletter

Posts relacionados