Nintendo anuncia loja de games digitais para Switch no Brasil

Nintendo anuncia loja de games digitais para Switch no Brasil
14/06/2018 Redação GC

Nintendo anuncia loja de games

digitais para Switch no Brasil

A Nintendo vai oficialmente vender games digitais para o console Switch ao público brasileiro a partir desta quinta-feira, 14 de junho. A novidade foi revelada durante a E3 2018 com exclusividade ao IGN Brasil por Bill Van Zyll, diretor e gerente geral de Nintendo para a América Latina.

“Estamos abrindo uma loja online para que os usuários comprem conteúdo no Brasil”, explicou Van Zyll. “Já queríamos fazer isso há muito tempo, e agora aqui está.” Os produtos vendidos nesse estabelecimento virtual, batizado simplesmente de “Loja Nintendo”, são códigos digitais que permitem que o usuário faça download de conteúdos — no caso, games — no Nintendo Switch. Vale dizer que a loja não pode ser acessada pela eShop do console, e sim por meio de um site que pode ser visitado via computador ou smartphone.

Todas as operações na Loja Nintendo são realizadas na moeda brasileira, o real, e aceitam a maioria das bandeiras de cartões de crédito emitidas no país, como Visa, Mastercard e Amex. “Um dos benefícios disso é que o sistema de pagamento é local — cartões de crédito brasileiros funcionam, e vamos adicionar também outros métodos de pagamento posteriormente”, diz Van Zyll.

“O benefício é: você está no Brasil e poderá ter acesso ao conteúdo e baixá-lo, algo que atualmente é difícil para muitos brasileiros. É um grande passo”, justifica Van Zyll. Para utilizar a loja, o consumidor precisa ter uma conta Nintendo com endereço no Brasil. Após efetuar a compra do game desejado, há a opção de se autorizar o download automático no console Switch que tem a conta Nintendo registrada. Ou, se o consumidor preferir, é possível anotar o código e acessar a opção “eShop” no Switch para digitá-lo manualmente e iniciar o download do game.

“É a maneira conveniente que tornará o conteúdo mais acessível ao consumidor”, continua o executivo. “Por um lado, existe um grande movimento global para o conteúdo digital. Além disso, nós sabemos que o brasileiro gosta de comprar online. A ideia é tornar tudo mais fácil para o brasileiro.“

Por enquanto, a biblioteca disponível na Loja Nintendo brasileira é limitada a doze títulos e inclui os principais games first-party lançados desde março de 2017, quando o Switch foi introduzido no mercado — The Legend of Zelda: Breath of the Wild, Super Mario Odyssey, Mario Kart 8 Deluxe, Splatoon 2, Fire Emblem Warriors, entre outros. A promessa é que a oferta seja renovada constantemente. Indagado sobre títulos de outras publishers, Van Zyll afirma que “estamos trabalhando para incluir os games third party na lista também”.
No que diz respeito ao preço, o valor médio cobrado pela Loja Nintendo é R$ 233, semelhante ao dos EUA, onde os jogos do Switch custam US$ 59,99 (sem incluir taxas obrigatórias). Alguns títulos terão preços especiais válidos durante a primeira semana de vendas, até 21 de junho: enquanto Splatoon 2 custa R$ 155, Zelda: Breath of the Wild e Fire Emblem Warriors custam R$ 175. “Há muitos fatores que influenciam o preço — a cotação do dólar, impostos diferentes que precisam ser pagos”, explica o diretor da Nintendo.
Porém, a iniciativa de vender games para o Switch no formato digital por enquanto visa contemplar apenas os consumidores que já adquiriram o console de maneira “alternativa”. Pelo menos nesse momento, a Nintendo não tem planos de montar uma operação própria para disponibilizar o console nos grandes varejistas do Brasil. “Nós continuamos a reavaliar a situação e procurar oportunidades de como melhor servir”, diz Van Zyll, “porque no fim das contas, é isso o que queremos: colocar o Switch nas mãos da maior quantidade de mãos possíveis.”

O endereço da Loja Nintendo é loja.nintendo.com.br.

Fonte: IGN

SAIBA TUDO QUE ESTÁ ROLANDO!

Newsletter

Posts relacionados