fbpx

Mulher-Maravilha: O pilar central da Trindade dos quadrinhos

Mulher-Maravilha: O pilar central da Trindade dos quadrinhos
02/08/2018 Redação GC

Mulher-Maravilha: O pilar central da Trindade dos quadrinhos

Alguns personagens da ficção assumiram um papel tão importante na nossa cultura com o passar do tempo, que é impossível retratá-los como algo que destoe do símbolo que eles se tornaram. E o símbolo da Princesa de Themyscira passou a significar coisas distintas para pessoas e grupos muito diferentes. Seja o feminismo, ativismo político ou os direitos das minorias. Mas também é preciso conhecer os personagens por trás desses símbolos que foram construídos.

A Mulher-Maravilha fez sua primeira aparição em All Star Comics n°8, mas diferente de seus amigos de equipe como Batman e Superman, ela só apareceu no gibi como coadjuvante e nas últimas páginas. A personagem só protagonizou de fato a sua primeira história, um ano depois em Sensation Comics n°1.

E foi a partir dessa edição que começou a se formar o que viria a ser uma das personagens femininas mais icônicas e conhecidas da cultura pop. Criada para ser o diferencial num meio dominado por homens, ela veio trazendo uma perspectiva diferente, e esse foi o primeiro padrão rompido pela Mulher-Maravilha. Mas o principal é a repercussão que a Princesa Diana teve ao longo das Eras e como ela se desenvolveu com o passar do tempo.

Uma guerreira amazona trajando sua armadura de combate e disposta a defender os valores do mundo e trazer a paz e a verdade. Infelizmente não é novidade para ninguém que a Mulher-Maravilha teve muita pouca representação fora dos quadrinhos para outras mídias. Enquanto existem milhares de filmes do Batman e Superman, milhares de séries, animações e jogos…quantas dessas mídias tem algo da Mulher-Maravilha?…Uma série de TV com três temporadas, uma animação lançada em DVD e o filme estrelado por Gal Gadot em 2017, que acabou sendo um sucesso enorme de crítica e público.

É estranho e desconcertante que uma personagem tão influente e tão ampla culturalmente tenha ficado num certo ostracismo durante tanto tempo. Dizem que ela não é uma personagem rentável, mas isso sempre esteve errado, porque Patty Jenkins e Gal Gadot provaram o potencial dela. Na verdade, nunca tinham lhe dado a chance de ser rentável.

Ela é como o pilar central que traz equilíbrio às personalidades tão diferentes do Batman e Superman. A Mulher-Maravilha é como a junção dos melhores e mais puros ideais que a DC firmou até hoje com seus principais medalhões, e são ideais que o mundo real precisa atingir.

Fonte: Cromossomo Nerd

SAIBA TUDO QUE ESTÁ ROLANDO!

Newsletter

Posts relacionados