fbpx

Epidemia mais catastrófica de World of Warcraft vai virar carta de Hearthstone

Epidemia mais catastrófica de World of Warcraft vai virar carta de Hearthstone
23/11/2018 Redação GC

Epidemia mais catastrófica de World of Warcraft vai virar carta de Hearthstone

O Incidente do Sangue Corrompido é um dos momentos mais memoráveis da história de World of Warcraft. Em 13 de setembro de 2005, um jogador retornou da raid de Zul’Gurub e invocou seu pet no meio de uma das maiores cidades do MMORPG. Entretanto, devido a um bug, a criatura permanecia com um debuff chamado “Sangue Corrompido” que causava dano constante ao alvo até que ele morresse e, para piorar, era extremamente contagioso. Em pouco tempo, as praga se espalhou entre os jogadores e várias cidades de Azeroth ficaram praticamente inutilizáveis por vários dias.

O caso virou objeto de estudo de epidemiologistas, que viram ali uma oportunidade para estudar o desenvolvimento de uma pandemia na segurança de um ambiente virtual, mas ainda levando em conta o comportamento humano.

Agora, 13 anos depois, esse grande momento vai ser homenageado em cartas de Hearthstone, como parte da expansão Ringue de Rastakhan.

Hakkar, O Esfola-Almas é um lacaio lendário de custo que que, ao morrer, cada um dos jogadores adiciona uma carta Sangue Corrompido em seus decks. Quando esta carta é comprada, o jogador imediatamente leva três pontos de dano e duas cartas sangue corrompido são adicionadas ao deck. Ou seja: elas se multiplicam e podem causar um grande problema rapidamente.

Veja um breve exemplo das cartas em ação:

Fonte: NerdBunker

SAIBA TUDO QUE ESTÁ ROLANDO!

Newsletter

Posts relacionados