fbpx

Black Label: DC põe Watchmen (e outras obras) no selo e muda tudo

Black Label: DC põe Watchmen (e outras obras) no selo e muda tudo
21/11/2018 Redação GC

Black Label: DC põe Watchmen (e outras obras) no selo e muda tudo

A partir de agora, Watchmen faz parte do selo Black Label da DC. Nao só ela, mas também Cavaleiro das Trevas, Grandes Astros Superman, DC: A Nova Fronteira, Reino do Amanha, Orquídea Negra e muitas outras obras. O anúncio foi feito pela própria DC na última sexta-feira, através de comunicado à imprensa. Portanto, as próximas reimpressões desses quadrinhos virão com o selo em suas capas.

Black Label é uma divisão da editora criada neste ano. Seu objetivo é publicar histórias dos próprios super-heróis da editora, mas para um público maduro. Ou seja, nao chega a ser o que o selo Vertigo é, mas algo próximo disso.

No caso do relançamento de Watchmen, haverá também uma chamada Modern Classics na lombada, algo que pode acompanhar reimpressões de outras HQs. Algo bacana para colecionadores de volumes luxuosos é que este relançamento da obra seminal de Alan Moore Dave Gibbons virá com um slipcase, contendo desenho inédito do artista.

Dan DiDio afirmou que “a linha Black Label abrigará as melhores e duradouras histórias da DC. A empresa tem um longo histórico, que inclui algumas das histórias mais famosas dos quadrinhos. Queremos honrá-las, colocando-nas sob este selo”.

Os Relançamentos

De acordo com a DC, os quadrinhos que serão reimpressos no futuro sob o selo Black Labelserão (com títulos em inglês):

  • All-Star Superman, por Grant Morrison e Frank Quitely (Capa Mole, 04/12/2018)
  • DC: The New Frontier, por Darwyn Cooke (Capa Mole, 19/02/2019)
  • Watchmen (DC Modern Classics Edition), por Alan Moore e Dave Gibbons (Capa Dura, 26/03/2019)
  • Kingdom Come, por Mark Waid e Alex Ross (Capa Mole, 23/04/2019)
  • Frank Miller’s Ronin, por Frank Miller (Capa Mole, 06/05/2019)
  • Batman: Year One, por Frank Miller e David Mazzucchelli (Capa Mole, 11/06/2019)
  • All-Star Batman & Robin, The Boy Wonder Vol. 1, por Frank Miller e Jim Lee (Capa Mole, 11/06/2019)
  • Batman: The Dark Knight Returns, por Frank Miller e Klaus Janson (Capa Mole, 18/06/2019)
  • Batman: The Dark Knight Strikes Again, por Frank Miller (Capa Mole, 18/06/2019)
  • Batman: The Dark Knight — The Master Race, por Brian Azzarello, Frank Miller e Andy Kubert (Capa Mole, 25/06/2019)
  • Luthor: 10th Anniversary Edition, por Brian Azzarello e Lee Bermejo (Capa Dura, 09/07/2019)
  • The Joker: 10th Anniversary Edition, por Brian Azzarello e Lee Bermejo (Capa Dura, 09/07/2019)
  • Batman: Arkham Asylum, por Grant Morrison e Dave McKean (Capa Mole, 13/08/2019)
  • The Joker, por Brian Azzarello: The Deluxe Edition, por Brain Azzarello e Lee Bermejo (Capa Dura, 20/09/2019)
  • Batman: The Killing Joke, por Alan Moore e Brian Bolland (Capa Mole, 17/09/2019)
  • Watchmen, por Alan Moore e Dave Gibbons (Capa Mole, 24/09/2019)
  • Batman: Year 100, por Paul Pope (Capa Mole, 08/10/2019)
  • Superman: Red Son, por Mark Millar, Dave Johnson, Andrew Robinson, Killian Plunkett e Walden Wong (Capa Mole, 22/10/2019)
  • Batman: The Long Halloween, por Jeph Loeb e Tim Sale (Capa Mole, 05/11/2019)
  • Black Orchid, por Neil Gaiman e Dave McKean (Capa Mole, 12/11/2019)
  • Batman: Dark Victory, por Jeph Loeb e Tim Sale (Capa Mole, 26/11/2019)
  • Batman: Haunted Night, por Jeph Loeb e Tim Sale (Capa Mole, 17/12/2019)
  • Catwoman: When in Rome, por Jeph Loeb e Tim Sale (Capa Mole, 31/12/2019)

O que isso muda?

A princípio, as mudanças serão editoriais. Afinal, agora haverá uma divisão na DC responsável por cuidar de seus melhores quadrinhos, sejam eles premiados ou sucessos de público (ou as duas coisas). Sendo assim, editores, assistentes e diversos profissionais administrativos cuidarão deste material de uma forma um pouco diferente. Mas a atenção do leitor deve estar presente na palavra “administrativo”.

Essa migração deve fazer com que a divisão Black Label, como departamento empresarial, seja lucrativa logo de cara. É verdade que seu início polêmico, ocorrido há poucas semanas com a estreia de Batman: Damned e um Homem-Morcego peladão, fez sucesso. Contudo, manter sob este guarda-chuva obras que são regularmente reimpressas é garantia de que essa divisão será muito lucrativa. Sempre. O que antes era uma aposta passa a ser uma renda fixa das boas para a editora, que terá subsídios para investir em novas ideias no futuro. Resta saber quais elas serão.

A segunda edição de Batman: Damned será lançada em 12 de dezembro. Outras obras anunciadas para o selo, como Superman: Year One (Frank Miller e John Romita Jr.) eWonder Woman Historia: The Amazons (Kelly Sue DeConnick e Phil Jimenez) sairão mais adiante.

Fonte: Terra Zero

SAIBA TUDO QUE ESTÁ ROLANDO!

Newsletter

Posts relacionados